VINHOS PARA PRESENTEAR NO NATAL

É tempo de festa

A tradição Natalina percorre há séculos o imaginário e a alma das pessoas, sejam elas adeptas ou não a qualquer crença. Após o tanto tempo, o que vemos é o Natal superar a religião, e trazer consigo sentimento de boa esperança, empatia e desejo de fazer feliz (a figura simpática do Papai Noel muito provavelmente ajuda nisso). Como em toda tradição, existem algumas marcas que caracterizam a data histórica, como por exemplo a indispensável (e deliciosa) Ceia da véspera junto da família (já sacou aonde queremos chegar, não?). Há quem diga que o protagonista à mesa nesta noite é o peru, mas nós, da evino, discordamos em gênero, número e grau. Afinal, o que seria do pobre peru sem um belo Cabernet Sauvignon para ressaltar seu sabor numa belíssima harmonização? Então, para dar continuidade a uma herança tão valiosa, nada melhor que disseminar a arte de presentear. E falando, em arte, temos três opções de presentes aqui que são verdadeiras obras-primas.




Então é Natal, época de presentear

O destaque da vez fica para o italiano vinificado a partir do incrível assemblage das castas Aglianico e Piedirosso. A Denominação de Origem Controlada deste exemplar elaborado na prazerosa região de Falerno del Massico, na Campania, é só um dos motivos que confirmam o quanto a sua escolha foi especial e feita a dedo. O belíssimo Falerno del Massico Rosso surpreende não apenas por sua excelente expressão em boca, mas também por combinar de maneira impecável todos os pratos da Ceia Natalina, seja o Peru, o Tender ou o Pernil. Já deu uma olhada na (ótima) relação custo-benefício? Você conhece aquela famosa expressão “o barato sai caro?” Bem, não neste caso. Um presente sofisticado assim vai ser difícil de encontrar.



Noite feliz e cheia de vinho

A intenção aqui é presentear. Mas sabemos que é humanamente impossível resistir a rótulos tão agradáveis e encantadores. Sim, em se tratando de rótulos incríveis, somos indecisos e não queremos ficar com toda a responsabilidade. Por isso trouxemos um vinho do Velho e outro do Novo Mundo para que você escolha aquele que tem o perfil semelhante ao do sortudo a ser presenteado - e, claro, aquele que possivelmente irá agradar mais. Mas, cuidado! Asseguramos que a dúvida vai ser grande. Para evitar a tragédia de escolher um em detrimento do outro, por que não otimizar seu tempo e levar os dois? Um francês e um chileno vieram à mesa para provar que qualquer um deles sabe como agradar gregos e troianos. O Vin de Pays d’Oc Oppidum Cabernet Sauvignon e o Casa Silva Carménère Colección têm em seus currículos exímias vinícolas, terrois consagrados e energias fascinantes. Garantimos: a felicidade, aqui, independe de qual vinho será o eleito. Jingle all the way!